Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2020

Aos Mestres.

Imagem
Por Cecilia Borelli.
Visitem:  www.ceciliaborelli.com.br https://www.facebook.com/Cecilia-Borelli-Oficinas-Performances-e-Instalações https://ceciliaborelli2.blogspot.com Insta: @ceciliaborelli2 

Magnífico apartamento.

Imagem
Magnífico apartamento, de fazer inveja aos melhores arquitetos. E que lindos que são os donos da casa..
Visitem:www.ceciliaborelli.com.brhttps://www.facebook.com/Cecilia-Borelli-Oficinas-Performances-e-Instalaçõeshttps://ceciliaborelli2.blogspot.comInsta: @ceciliaborelli2

Uma estrela humana.

Imagem
Não sei quem tirou a foto, mas confesso que amei e achei linda a criatividade ❤️😍😍
Visitem:www.ceciliaborelli.com.brhttps://www.facebook.com/Cecilia-Borelli-Oficinas-Performances-e-Instalaçõeshttps://ceciliaborelli2.blogspot.comInsta: @ceciliaborelli2

E se as cidades se transformassem em pomares urbanos?

Imagem
9:00 - 13 Julho 2020
Já pensou parar numa rua ou num parque para colher uma maçã ou uma amora? Esta é a realidade dos habitantes de Copenhaga, capital da Dinamarca. A cidade está a plantar árvores de fruto em áreas públicas como parques ou praças, numa tentativa de reforçar os laços entre as pessoas e a Natureza.O município de Copenhaga assume a plantação de árvores de fruto como uma forma de dar aos seus habitantes a oportunidade de usufruirem mais da natureza enquanto descobrem o sabor de uma peça de fruta acabada de ser colhida. Para Astrid Aller, vereadora da cidade, o “pomar urbano interativo é uma forma de ligar os moradores às suas comunidades”.O projeto é impulsionado por uma aplicação chamada “Vild Mad” (que em português significa comida selvagem). Desta forma são disponibilizadas todas as informações relevantes acerca da iniciativa. A aposta da Dinamarca na plantação de árvores de fruto é uma tradição que remonta à Idade Média. Já nessa época era permitido col…

Coco verde para produção de mudas.

Imagem
Vamos utilizar o coco verde, e da adeus aos saquinhos plástico, para produção de mudas. A sustentabilidade e o meio ambiente..agradece.Aqui no litoral todo o dia vai uma grande quantidade fora.
Fonte:  grupo de apoio ao Instituto Terra (fundado por Sebastião Salgado)
https://www.facebook.com/groups/1636174223309529/permalink/2669624153297859/
Visitem: www.ceciliaborelli.com.br https://www.facebook.com/Cecilia-Borelli-Oficinas-Performances-e-Instalações https://ceciliaborelli2.blogspot.com Insta: @ceciliaborelli2 

Campanha de Boulos e Erundina para a Prefeitura de São Paulo

Imagem
Queridxs amigxs, uma amiga que sempre esteve à frente de projetos sociais, uma pessoa a quem considero muito por sua história, me chamou para ajudar na campanha de Boulos e Erundina para a Prefeitura de São Paulo.Eles têm um grupo de trabalho voltado para a Cultura, para o qual estou colaborando, e esse grupo está pedindo aos amigos artistas que tenham a intenção de votar na chapa e queiram dar uma força, que gravam um vídeo (caseiro mesmo) dizendo por quê votarão nele para prefeito.A intenção é elaborar, depois, um vídeo com esses depoimentos a ser exibido em mídia virtual.Caso conheçam outros artistas que possam gravar um vídeo assim, será muito bem-vindo.Então é isso. Um abraço e minha gratidão apenas por lerem essa mensagem.Sou eu mesma, Cecília Borelli, que estou me manifestando aqui. Não pertenço a nenhum partido, mas acredito muito na idoneidade dos dois candidatos.Obrigada!

Um Homem chamdo Jesus. Por Frei Betto.

Imagem
Houve um homem que se enchia de inefável gozo ao sentir-se abraçado pelo Sol e vigiado pela Lua, aos quais chamava de Irmão e de Irmã. Seus olhos reluziam perante a vastidão silenciosa das estrelas e o coração transbordava ao aspirar a fragrância das flores. Ao encontrar plantas e frutos, ajoelhava-se reverente como quem se curva junto a uma criança. Falava com a relva, conversava com as árvores, segredava às pedras, deixava-se acariciar pelo vento e parecia aplacar o vigor das chamas quando evocava seu parentesco cósmico com o fogo.       Este homem nunca estudou astrofísica e jamais soube que nas águas dos rios lateja o mesmo oxigênio, expirado pelas estrelas, que flui em nossa corrente sanguínea, bombeando-nos vida. Porém, havia nele uma conatural empatia com toda a Criação. Apaixonado por Deus, sabia-se em comunhão com o Cosmo. Andarilho, o sabor do mel era, ao seu paladar, um dom tão precioso quanto a escuridão da noite para seus olhos e o lamento famélico dos lobos para …

O Pantanal somos todos nós.

Sou Marta Catunda uma artista brasileiraInfelizmente, enfrentamos um momento desafiador em nosso meio ambiente. O Pantanal arde em chamas. Unimos nossas energias e fizemos este vídeo coletivo, interpretando a canção "Adeus Pantanal", de Itamar Assumpção (1949 - 2003),  para que todos se conscientizem deste sério problema. Peço que assista, se gostar, compartilhe em suas redes sociais.Nosso Planeta agradece.
I am ....... a Brazilian artist.Unfortunately, I come through this to ask for help. Here in Brazil, we are currently facing a challenging time regarding our environment: the Pantanal, one of the most important biomes in the world, is burning. Among the various factors for this is the neglect of the authorities and cut of funds to fight the fires.As a way of calling attention to this serious situation, several Brazilian artists joined our energies and made this collective video, interpreting the song "Goodbye Pantanal ", by the great Brazilian composer, Itamar As…

Da minha horta.

Imagem
Esta foto de Claudia Alvover é uma obra de arte, tirada da composição criada com os alimentos colhidos da horta que provê suas refeições diárias e talvez a de alguns amigos e vizinhos.
Mais do que uma bela obra , ela inspira e representa a necessidade que exite cada vez mais forte de trazer o contato com a natureza para perto e dentro dos centros urbanos
Desconstruir espaços acimentados, abrir outros e criar possibilidades para instalar o verde , as cores, os bens que a terra sempre oferece quando é cultivada com amor e respeito,, sem o peso e a toxidade de substâncias químicas nocivas a saúde.
Assim as hortas comunitárias se multiplicam, onde se pode aprender a plantar, e compartilhar o que se colhe com outros desconhecidos que se tornam assim próximos.
Em parques , praças, pequenos espaços em apartamentos, nas varandas enormes das residências alto luxo, na cobertura dos edifícios, já podemos encontrar essas, hortas de ervas medicinais, temperos , verduras, legumes e frutos que humanizam…